segunda-feira, 26 de novembro de 2007

Dores da alma

O título é sugerido pelo drama das imagens, quase se assemelham a cemitério, basta imaginar os pilares como cruzes, na verdade é um lugar de morte, mas se tal não bastar a dor dilacera da mesma forma. Aqui de S. João do Monte a caminho da Póvoa de Luzianes, infelizmente é uma imagem que alastra ao país. É o drama dos incêndios florestais, aos quais nem a vinha e o olival escapam.

1 comentário:

efeneto disse...

Arrepiante da dó que mete. Parabéns pelo alerta.