terça-feira, 4 de novembro de 2008

E propostas, quem as apresenta?

Vejo por aqui um desfilar de ataques e a exposição de uma lista quase infindável de candidatos acompanhados pela sua corte. Sendo que, por vezes, dirigem termos indecorosos aos adversários políticos, outras vezes erram o alvo e atacam quem constrói este blog, claro que ainda não perceberam que mais vale atirarem directamente para os seus próprios pés. Em contrapartida, não se viu até hoje uma única proposta que fosse. Discutem-se nomes e mais nomes, se o artista A representa B, se o C odiava D, ou se o Y tinha um caso com X, mas propostas ainda não se viu nenhuma. Perante a grave situação do país e do concelho só alguém que vive totalmente à margem do que se passa pode agir assim.
Exemplos não faltam, não me cabe a mim apresentar um programa eleitoral digno desse nome. Poderia falar nas ETAR e nos ribeiros poluídos, mas essa situação é tão nebulosa que é melhor não. Outro exemplo é o do abandono da floresta, um tema que me causa enorme perplexidade. Como é possível numa região com tradição na produção florestal e com várias unidades fabris ligadas à floresta - desde a produção de biomassa à produção, em massa, de aglomerados de madeira e de móveis, etc. etc. - não existir qualquer de incentivo à recuperação florestal? Falam tanto em gerar emprego que esquecem que essa tarefa passa por fazer valer o que temos de melhor, evitando que tudo seja feito à custa do que vem de fora e que rapidamente se esgota.
Se querem uma campanha séria e uma candidatura séria apresentem propostas, debatam os problemas e proponham soluções. Quem vier a ganhar as eleições é indiferente, na verdade pouco me importa quem ganhe, desde que seja uma pessoa séria e empreendedora. Por último, devo dizer que pouco me importam as piadinhas sem qualquer interesse que alguns fomentam com frequência. Só quem tem medo do que digo é que segue esse rumo e certamente quem não tem uma postura séria relativamente aos problemas locais e regionais. Uma coisa é certa, pode não ser conveniente para os caciques, mas temos procurado gerar informação e conhecimento sobre a nossa terra, ao contrário dessas vozes que mal se ouvem mas têm intenções destruidoras, as quais certamente não sabem estar na política, ainda que pensem ser os seus mais fieis representantes.

7 comentários:

Esclareçam-me disse...

Caro José Boa Tarde

Realmente não tenho participado. Ponto. Mas tenho-o lido.

Concordando (quase sempre integralmente) com os seus posts, também penso que os fait-divers que estes pseudo-salvadores do concelho tentam impingir-nos, seguindo o lema popular “de que todo o burro come palha, a questão é saber dar-lha” passando atestados de ignorância a todos os outros (a nós, ao senhor e a mim incluídos), tentam impingir-nos, dizia, a sua arrogâcia.

Saberemos responder-lhes de que “na primeira caem todos, na seguinte cai quem é louco”.

Acrescento à sua lista, numa outra vertente, um pequeno pedido de esclarecimento a Zés Correias, Zés Borges da Silva e Zés Vaz (todos distinguíssimos Doutores).

O que pensam suas Excelências sobre situações concretas que eles mesmos (ou escudados em interposta pessoa) provocaram, sim porque em todas elas, eles têm responsabilidade:

Veja-se em Canas a casa a cair das 4 esquinas; a capela do cemitério; a Rua de terra batida que vem ter a rua interna que vai até à estação; vejam-se as obras da Felgueira; quanto custou a rotunda das vinhas de Santar (isso daria ou não para a ETAR de Santar - Casal-Sancho); a quem interessam os negócios das pedras da Lapa; como estão a correr os licenciamentos dos aviários e de outras explorações nas terras das Minas da Urgeiriça onde se pensa que passará, em situação de grande privilégio, a nova estrutura viária; os esgotos que nunca mais chegam a grande parte da população de Carvalhal Redondo; a limpeza de caminhos e de receptores de águas pluviais, etc

Como pretendem os senhores Doutores Zés (DZs) resolver o problema de sobrelotação de funcionários da Câmara criados pelo actual executivo (Executivo que é fruto - filhos e afilhados - dos Zés a quem agora chamam de Pastorinha e Bin-Laden)

O que pretendem os DZs em termos de Acção Social Escolar – Distribuir livros pelas crianças, que no fim do ano seriam devolvidas – depois de devidamente anotada a ficha de controlo que os acompanharia – como inova o Esteves – também (a)filhado dos DZs!

Bom ficaríamos aqui à conversa, mas peçamos ajuda para que alguém nos livre de tanta inteligência, sim que segundo os próprios são tão inteligentes que até têm pena das outras pessoas.

Lembra-me Salazar quando veio à Televisão (ainda só havia meia dúzia delas) depois de terem recuperado o nosso maior barco – que tinha sido tomado de assalto -, dizia, lembro a frase de Salazar: Portugueses – temos o Santa Maria connosco.

Neste caso até a frase se repete, o que dá para ver o que nos espera. Dita pelos DZs:

Nelenses – temos o Santa Maria connosco!

Que Deus nos acuda

Anónimo disse...

PARABÉNS PELO SEU COMENTÁRIO.
Essas pessoas não têm história política, nem sensibilidade social íntegra, para se arrogarem a dizer
que vão ser desta vez, os salvadores deste concelho de nelas, que está cansado de esperar hà tanto tempo por melhores dias.
A Má gestão deve passar a ser compensada, em benefício do erári público, com bens pessoais daquele que originou essa má gestão. (!!!)Responsabilidade no tratamento dos dinheiros públicos,a todos os políticos que decidam que se gaste um centimo.A rotunda de Casal Sancho,convida-nos a pensar que a câmara de Nelas,está a nadar em dinheiro.E por exemplo,as etares do concelho de Nelas, obriga-nos a sentir que a Câmara de Nelas é das mais pobres do Distrito de Viseu.

Anónimo disse...

PARABÉNS JOSÉ, pela insistência num ponto que, para o concelho de Nelas, é fundamental.
---No dia 27 de Julho, abordou o problema do engano das rotundas.Gerou 4 comentários.
---No dia 25 de Agosto, lançou a pergunta para ser comentada:Quem deve ser o próximo presidente da câmara de Nelas?.Gerou 4 comentários muito belos...
---No dia 28 de Setembro, lançou a pergunta: quem não deseja vêr como futuro presidente da câmara do concelho de Nelas?. gerou 26 comentários, muitos deles lindos e fundamentais...
---No dia 31 de outubro, lançou a informação dos resultados das eleições autárquicas em Nelas de 1976 a 2005. Gerou 1 comentário.digno de ser lido...
---No dia 4 de Novembro lançou a pergunta: e propostas, quem as apresenta? gerou 2 comentários, comentários estes que não podiam ficar na gaveta...pois devem ser lidos.!.Enfim, o também preocupado JOSÉ,(nós também o estamos) quer por tudo que os tais senhores saltem para a praça e desenvolvam as propostas que têm em mente, para justificar as intenções das suas candidaturas, para bem da tâo paciente população do Concelho de Nelas.
As pessoas devem intervir mais nestes asuntos comentando e dizendo tudo o sabem e acham, dos candidatos que já se anunciaram disponíveis, para o ser...!...VIVA O CONCELHO DE NELAS , PORQUE MERECE !!!.

Anónimo disse...

Um belo dia o extinto socialista
Fausto correia nquanto cortava o cabelo ia ouvindo as barbaridades dos seus concidadãos sem que lhe respondesse, no entanto ao sair da porta virou-se para trás e respndeu fodei-vos!

Anónimo disse...

Isso são argumentos, práticas, princípios dos teus educadores, praticados pelo educado.

Tu já tens idade de ter aprendido a ser uma pessoa correcta, mas pelo tempo, parece-nos que já não o consegues,Aconselhamos-te a que recorras à especialidade...

O_ATENTO disse...

Meu caro anónimo, agora compreendo porque fez o extinto Fausto Correia tal reparo. Provavelmente estaria a ouvir comentários com o seu.
Quando o caro José, tenta estimular comentários sobre a realidade do concelho, e pede para que o comum dos mortais, possa participar dando ideias, apresentando falhas e/ou soluções, logo aparecem "vozes de asno", que mesmo que não queiramos, chegam ao Céu.
Mas adiante.
O primeiro comentário fala de Salazar, trazendo há lembrança outros tempos que alguns querem ver repetidos no concelho.
A teoria do salvador da pátria, parece ainda hoje, ter bastantes seguidores, senão vejamos o panfleto do NCR (Núcleo de Reflexão do Concelho) promovido pelo MPT, em que tudo foi mudando (os subscritores, os erros e até o layout), mantendo-se no entanto imutável, direi mesmo inquestionável, o cimento que une aquelas bases, um dos Zés que acima foi falado.
O Grande Cacique.
Não interessam as propostas, as novas ideias ou até mesmo as pessoas. Desde que esteja o Zé como "Grande Pastor"todo o rebanho irá para o redil sem levantar problemas.
Pois é!
Até mesmo os Grandes Caciques caem das cadeiras.
É agora o grande momento de viragem em que se deve deixar de lado os "misticismos da política" e se deve procurar o melhor projecto para um Concelho que precisa de acreditar que sabe e pode fazer melhor, muito melhor.
Seremos nós a escolher, cabe-nos a nós a responsabilidade de uma mudança que deve ser para todos e feita por todos.
Este baile de candidatos, todos mais ou menos descendentes do mesmo "encepamento", só serve para distrair as atenções. Venham as respostas para as grandes questões, algumas já aqui lançadas.

Que Modelo Social?
Que Floresta?
Turismo ou Industria? Ou ambos, onde, de que forma?
Que Modelo Educacional?
O que cada Freguesia tem para dar? O que quer receber?
O caminho faz-se caminhando colectivamente, sem necessitar de "cajados" opressores.
VIVA A DEMOCRACIA

Anónimo disse...

Escandalosamente continuam os vícios, tráficos de influências e factor C a dominar a câmara municipal de Nelas que é já tão bem conhecida por estes motivos ao nível do distrito e diria mesmo a nível nacional. Abriu concurso para técnico superior de desporto (candidaturas apresentadas até hoje, salvo erro) e eu não sabendo o número de candidatos existentes (podem ser 5 ou 50) e muito menos sei de futurologia (arriscava no euromilhoes se assim fosse) sei que essa vaga será ocupada por um tal de frederico, actual funcionário da câmara e em final de contrato. Denuncio esta situação com toda a certeza e prova disso será o resultado do dito "concurso". Infelizmente assim se "trabalha" nesta câmara e a toda a hora surgem os tais "casos de polícia"!
Parabéns pelo blog.