domingo, 10 de fevereiro de 2008

Centro de saude de Nelas


Médico apresenta queixa
MP investiga atestados

O Ministério Público do Tribunal de Nelas está a investigar um ex-funcionário do centro de saúde daquela vila, suspeito de ter falseado vários atestados médicos que serviram para os cidadãos tirarem a licença de uso e porte de arma para a caça e para a renovação da carta de condução de ciclomotores.
O suspeito, ex-funcionário administrativo e actualmente na reforma, já foi ouvido pelos magistrados no Ministério Público e constituído arguido.
A denúncia foi apresentada há dois meses pelo antigo delegado de saúde e actual director da unidade hospitalar de Nelas. Este médico ter-se-á apercebido da existência de vários atestados médicos com a sua assinatura que não lhe passaram pelas mãos.
O ex-funcionário ter-se-á apropriado das vinhetas pertencentes ao delegado de saúde, que depois colocava no documento dos atestados requeridos pelos cidadãos, que já estiveram na GNR a prestar declarações. Desconhece-se desde que altura é que o funcionário começou alegadamente a falsificar documentos. As pessoas que requereram os atestados médicos dirigiam-se ao suspeito, mostravam o bilhete de identidade e pagavam 25 euros. Pouco tempo depois tinham um documento que pensavam ser verdadeiro.
Uma das pessoas que requereu a renovação da licença para caçar foi o ex-presidente da Câmara de Nelas, José Correia, que também já foi ouvido no âmbito do processo.
Noticia de Luís Oliveira, Aqui

16 comentários:

Anónimo disse...

Alguém me consegue explicar o que raio interessa se o José Correia tirou a licença ou não? Da-me uma vontade de rir. Começou a "caça ao politico". As politiquices vieram para ficar, e não espanta nada, as eleições estão na rampa de lançamento...

Isto vai ser um forrobodó até as eleições :)

efeneto disse...

#esclarecimento#

Caro amigo "anónimo".
Tal como diz no subtitulo deste espaço:

*O blog de todo o concelho - Notícias * Criticas * Debates * Desafios = Futuro*

Este espaço é isso mesmo a divulgação de noticias da nossa terra. Quando é um artigo de opinião, esse artigo normalmente é assinado pelo autor. Este artigo é apenas a divulgação de uma noticia saída na imprensa tal como está referenciada no link "Aqui".
Como deve imaginar poderá fazer a sua reclamação no referido link. A nossa intenção é apenas a divulgação de noticias do conselho.
Saudações.

José disse...

É natural que as figuras publicas sejam mencionadas como exemplos, bons ou maus, não vamos ver política em tudo, embora Nelas necessite de mais política e, quem sabe, de menos políticos (i.e. mais cidadania activa em menos politiquice).

Anónimo disse...

Alguém me consegue explicar o que raio interessa se o José Correia tirou a licença ou não? Da-me uma vontade de rir. Começou a "caça ao politico". As politiquices vieram para ficar, e não espanta nada, as eleições estão na rampa de lançamento...

Isto vai ser um forrobodó até as eleições :)

EDIT

A intenção do comentário era uma critica não ao blog, mas a quem escreveu essa noticia, e a forma com que aparece o nome de um politico associado, fosse ele quem fosse.
O facto de ter sido publicada no blog, teve toda a razão de ser. Fez muito bem!
O trabalho é para continuar!!!

efeneto disse...

...nesse caso já estamos de acordo.
Abraço.

Anónimo disse...

passei por aqui e vou deixar o meu comentário...
quant à noticia em si, penso ser de enorme gravidade, uma vez que se trata de falsificação de documentos. quanto ao envolvimento do antigo presidente da camara, dá para ver o caracter do cidadão. é que se até para um ter um atestado médico aceitou participar numa fraude, numa falsificação... ou o ingénuo senhor não sabe que os atestados médicos se passam na presença do médico???
coitado! é um santo.
com este envolvimento, tenho receio é do que se andou a fazer com o dinheiro público durante duas décadas na CMN...
e as minhas dúvidas são legitimas!!! mas isso é assunto de tribunal.
quanto ao comentário do josé, apraz-me dizer: bem prega frei tomás, faz o que ele diz e não o que ele faz!!!

José disse...

Bem!Onde já vai isto... Não quer defender o ex.presidente, até porque é pública a minha discordância sobre algumas matérias, todavia penso que devem ler duas vezes a notícia, fala num "documento que pensavam ser verdadeiro", ora, assim sendo foram também eles os lesados. No meio de tudo isto é lamentável que Nelas faça manchetes nos jornais novamente por más notícias.

Anónimo disse...

que interessante justificação: pensavam que o documento era verdadeiro!
é preciso ter lata, como é possivel que o documento fosse verdadeiro se eles nem sequer iam ao médico? e porque não iam? estavem em condições de lhes ser passado o atestado? ou não estado preferiram corromper o funcionário!
sim, sim... é que para além da falsificação, estamos perante um caso óbvio de currupção!
~senhor josé, não seja ingénuo e não faças dos outros tontos!
com a celebração da festa de anos da senhora presidente era o peculato de uso, onde é que isso já se viu.
agora crimes de falsificação e de corrupção são politiquice.
onde estão seus valores! tem que os rever rapidamente.

provedor disse...

Sempre soube de casos de pessoas que tinham conhecimentos no centro de saúde e nem precisavam de ir a uma consulta para obterem um atestado, para por exemplo, tirar a carta de condução.
Qual a novidade, ainda hoje se consegue uma consulta no dia, se conhecer as pessoas que estão a marcar as consultas.
Então mas ficamos ingénuos de repente?
Todos sabem que as coisas funcionam assim (infelizmente).
Deixemos-nos de falsas moratórias, há corrupção e tráfico de influências bem mais graves que um atestado de 25 euros, no concelho de Nelas.

José disse...

Bem, tem pessoas que gostam de mandar bocas mas escondem-se (tirem as conclusões que quiserem). Sobre os comentários pouco abonatórios que me dirigem escolhem o alvo errado, não me interessa a vida político-partidária, não quero saber de partido nenhum, seja de A, B ou C. Só gente interessada em gerar confusão coloca o meu nome em confusões desse género, primeiro creio que sou suficientemente esclarecido para perceber o teor da notícia; segundo, quem assim fala manifesta arrogância política e ausência de respeito pelas ideias dos outros. Sempre dei o meu melhor, pelo menos assim o considero, pelo concelho, para quem não sabe conto cerca de 10 anos de colaboração com o Planalto e depois vários anos no blog do Folhadal, creio que quem manda bocas começou agora a intervir no espaço público, mas se quiser dialogar pode certamente contar comigo, desde que seja de forma pacífica, desinteressada e construtiva.

José disse...

Claro que me referia ao comentário anónimo, pois entretanto alguém deixou outro enquanto escrevia. Viva a pluridade...

Anónimo disse...

È só blá, blá.O que me parece estranho é tanta conversa.. Se o respectivo funcionario fazia essas coisas é de admirar como assumidade do Delegado de Saúde não deu conta mais cedo......:) Quanto ao ex-Preidente deixá-lo estar á lareira, que é onde ele está melhor.. Já lá vai a sua era.... Agora estamos perante novas mentalidades, que temos de respeitar, pedindo um pouco mais de empenho e menos sorriso.....

Anónimo disse...

Novas mentalidades...? Quais...? As do facilitismo e compadrio? O pesadelo está perto do fim. Felizmente.

Anónimo disse...

meus amigos,

é só para dizer que para além desta situação clara de beneficio pessoal, há mais e muito mais grave.
já se viu que quanto a novas mentalidades, quanto a mudança, só foram propostas pelo executivo em funções e de imediato, em coro, se levantaram todos os velhos do restelo a anunciar a desgraça.
é mesmo triste! haja estabilidade governativa no Executivo e tudo muda.
basta de gente que berra, grita e bate no peito!
é gente sem escrúpulos que não está interessada no desenvolvimenbto da terra, mas somente na politiquice e na promoção da vaidade pessoal...
e vão ver que em breve, a curto prazo, saberão do que estou a falar.

Anónimo disse...

Viva.... O último comentário sim... O concelho de Nelas é muito mais que tudo isto.... Deixem governar a Isaurinha.....:) No final fazemos contas.....:) :) :)Ah por aí tanto achadiço......

Anónimo disse...

tantos problemas graves que existem e isto srve de intriga. tanta pobreza na cabeça de certa gente.